Ignorar Comandos do Friso
Saltar para o conteúdo principal

Skip Navigation Linksfaqs

Perguntas Frequentes

  • Matrículas na Rede Pública

    • Qual é a legislação que regula o processo de matrícula?


      Acesso ao DespachoNormativo Nº 10-B/2021, que procede à segunda alteração do Despacho Normativo n.º 6/2018, de 12 de abril, com a redação dada pelo Despacho Normativo n.º 5/2020, de 21 de abril e que estabelece os procedimentos da matrícula e respetiva renovação e as normas a observar na distribuição de crianças e alunos.

      Despacho n.º 4209-A/2022, de 11 de abril, estabelece o calendário das matrículas e respetivas renovações para a Educação Pré-Escolar e os Ensinos Básico e Secundário para o ano letivo de 2022-2023



      ____________________________________________________________________________

    • A partir de que idade a matrícula é obrigatória?

      A matrícula no 1.º ano do 1.º Ciclo do Ensino Básico é obrigatória para as crianças que completem 6 anos de idade até 15 de setembro.

      As crianças que completem os 6 anos de idade entre 16 de setembro e 31 de dezembro podem ingressar no 1.º Ciclo do Ensino Básico se tal for requerido pelo Encarregado de Educação, dependendo a sua aceitação definitiva da existência de vaga nas turmas já constituídas, depois de aplicadas as prioridades definidas na legislação em vigor.



      ____________________________________________________________________________

    • A frequência do Pré-escolar é obrigatória?

      Não, a frequência da educação pré-escolar é facultativa e destina-se às crianças com idades compreendidas entre os três anos e a idade de ingresso no 1.º ciclo do ensino básico.



      ____________________________________________________________________________

    • ​Quando devo matricular o meu educando na educação pré-escolar e no 1.º ano de escolaridade?


      Anualmente os prazos de matrícula são publicados em Despacho.

      A legislação em vigor para o ano letivo 2022/2023 é a seguinte:

      Despacho normativo n.º 10-B/2021, de 14 de abril

      Despacho n.º 4209-A/2022, de 11 de abril



      ____________________________________________________________________________
    • ​Como e onde devo matricular o meu educando na educação pré-escolar e no 1.º ano de escolaridade?


      O pedido de matrícula é apresentado na internet através do Portal das Matrículas, utilizando o cartão de cidadão, chave móvel digital ou credenciais de acesso ao Portal das Finanças.

      Não sendo possível utilizar a internet, o pedido pode ser apresentado presencialmente na sede do agrupamento de escolas da área de residência do aluno, recorrendo a agendamento por telefone ou email indicados pelos Agrupamentos de Escolas/Escola Não Agrupada.



      ____________________________________________________________________________

    • ​De que fatores depende a aceitação do pedido de matrícula?


      A aceitação do pedido de matrícula depende do número de vagas existentes nos jardins de infância e escolas pretendidos pelo encarregado de educação.

      Caso o número de vagas seja inferior ao número de candidatos, aplicam-se as prioridades definidas no n.º 1 do Art.º 11 do Despacho Normativo Nº 10-B/2021.



      ____________________________________________________________________________

    • Quando e como se efetua a renovação de matrícula no 2.º e 3.º Ciclos do Ensino Básico e no Ensino Secundário?


      A renovação de matrícula é efetuada automática e eletronicamente após a definição da situação escolar do aluno.

      Deverá ser feita através do Portal das Matrículas, utilizando o cartão de cidadão, chave móvel digital ou credenciais de acesso ao Portal das Finanças.

      Não sendo possível utilizar a internet, o pedido pode ser apresentado presencialmente na sede do Agrupamento de Escolas da área de residência do aluno, recorrendo ao agendamento por telefone ou email indicados pelos Agrupamentos de Escolas/Escola Não Agrupada.



      ____________________________________________________________________________

    • ​Quando é que se efetua a inscrição no Ensino Secundário?


      A renovação de matrícula é efetuada eletronicamente, até ao 3.º dia útil subsequente à definição da situação escolar do aluno. Deverá ser feita através do Portal das Matrículas, utilizando o cartão de cidadão, chave móvel digital ou credenciais de acesso ao Portal das Finanças. Não sendo possível utilizar a internet, o pedido pode ser apresentado presencialmente na sede do agrupamento de escolas da área de residência do aluno, recorrendo a agendamento por telefone, ou email indicados pelos Agrupamentos de Escolas/Escola Não Agrupada. Na renovação de matrícula para o ano inicial de frequência do ensino secundário, o encarregado de educação ou o aluno, quando maior, deve indicar, além dos 5 estabelecimentos de ensino, o curso ou cursos pretendidos entre os Cursos Científico-Humanísticos, os Cursos do Ensino Artístico Especializado, os Cursos de Educação e Formação de Jovens, os Cursos Científico-Tecnológicos com Planos Próprios, os Cursos Profissionais e os Cursos Científico-Humanísticos do Ensino Recorrente.



      ____________________________________________________________________________

    • ​Expirou o prazo para matricular o meu educando. Ainda posso inscrevê-lo?


      Expirado o período fixado legalmente, podem ser aceites matrículas, em condições excecionais e devidamente justificadas, nas condições seguintes: deve dirigir-se à sede do Agrupamento de Escolas da sua área de residência para efetuar o pedido de matrícula.



      ____________________________________________________________________________

    • Quando são publicadas as listas dos alunos admitidos?


      Anualmente são publicados em Despacho os prazos para a publicação das listas de alunos admitidos. Poderá consultar a legislação em vigor para 2022/2023 aqui.



      ____________________________________________________________________________

    • Quando se realiza a inscrição nos exames finais nacionais?


      Os alunos internos e autopropostos têm de se inscrever obrigatoriamente para a 1.ª fase dos exames finais nacionais e das provas de equivalência à frequência do ensino secundário dos 11.º e 12.º anos de escolaridade, nos prazos definidos no Regulamento de provas de avaliação externa e provas de equivalência à frequência dos ensinos básico e secundário.



      ____________________________________________________________________________